Saiba mais sobre Artrite Reumatoide

Categorias Artrite, Artrite Reumatoide

A artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica e autoimune, que pode afetar qualquer pessoa independente da idade, porém mulheres entre 50 e 70 anos são as mais atingidas pela doença. Ela afeta principalmente as regiões dos pés e das mãos, criando vermelhidão, inchaço e incômodo. Por ser uma doença autoimune, o sistema imunológico começa a atacar as células saudáveis do organismo.

Uma mão com pontos vermelhos no pulso e nas dobras dos dedos

Principais Sintomas

  • Cansaço;
  • Inchaço e vermelhidão nas articulações;
  • Febre baixa;
  • Dor nas articulações nos dedos dos pés e das mãos;
  • Dificuldade para movimentar as articulações;
  • Dor nas articulações dos joelhos e tornozelos;
  • Perda de peso;
  • Falta de apetite;
  • Rigidez matinal;
  • Dor nas articulações dos ombros e cotovelos.

Causas

Fatores como parentesco com pessoas que já tiveram a doença, infecções virais e bacterianas e uso contínuo de cigarro e a exposição a poluentes como a sílica podem facilitar a inflamação da doença no corpo do indivíduo.

Pessoa agachada com uma perna ajoelhada com as duas mãos na cabeça. Pés, joelhos, quadril, cotovelos e cabeça estão em vermelho.

Tratamento

Ainda não existe prevenção contra a doença, porém o tratamento precoce ajuda a evitar futuras complicações. A artrite reumatoide é uma doença crônica, ou seja, não possui cura ainda, porém pode ser tratada com medicamentos anti-inflamatórios, drogas imunossupressoras e corticoides. É necessário que o paciente faça o tratamento durante toda a sua vida após a descoberta da doença. Além disso, ele deve fazer fisioterapia e atividade física regularmente, para controlar a dor e evitar a perda da mobilidade das áreas do corpo atingidas pela doença. O consumo de alimentos anti-inflamatórios, como cebola, salmão e sardinha, também auxiliam no tratamento da doença. Caso esses tratamentos não sejam o suficiente, o médico pode indicar uma cirurgia para reparar as articulações. Existem três tipos de cirurgia que podem ser realizadas em pacientes com artrite reumatoide:

  • Sinovectomia: cirurgia em que revestimento inflamado da articulação é removido para evitar a corrosão do osso e da cartilagem. Porém, o revestimento das articulações (tecido sinovial) pode voltar a crescer e a cirurgia torna-se necessária novamente;
  • Prótese ou articulação artificial: as articulações afetadas, principalmente quadris e joelhos, são substituídas por articulações artificiais ou próteses. Estas podem durar até 20 anos, dependendo da condição física, do peso e atividade do paciente.

Artrodese: é a indução artificial de um os mais ossos que não conseguem mais se mover. Esse tipo de cirurgia está cada vez mais rara nos dias de hoje, em virtude dos avanços da medicina.

Artrite Reumatoide ou Idiopática Juvenil

A artrite reumatoide também pode atingir jovens até 16 anos, de ambos os sexos. A doença possui os mesmos principais  sintomas da doença em adultos, como dor e inchaço nas articulações, além de inflamação e rigidez matinal. Existem diversos tipos de artrite juvenil:

  1. Artrite Oligoarticular: até 4 articulações inflamadas;
  2. Artrite Poliarticular: 5 ou mais articulações atingidas nos primeiros seis meses da doença;
  3. Sistêmica: afeta todo o organismo da criança, inclusive órgãos internos, como pulmões e coração, além de ser acompanhada de febre alta;
  4. Artrite relacionada a Entesite: é a inflamação nos pontos de fixação dos tendões nos ossos, podendo afetar de uma a cinco articulações;
  5. Artrite Psoriásica Infantil: A criança possui psoríase (doença em que células da pele se acumulam formando manchas e escamas que causam coceira), além da artrite;
  6. Indiferenciada: Caracterizada quando a doença não se encaixa em nenhum dos outros seis tipos ou se encaixa em mais de um tipo ao mesmo tempo.

A doença é rara em jovens, não é passada de forma hereditária nem é contagiosa. Porém, é necessário que a criança faça fisioterapia e exercício físico para reabilitação e mobilidade das articulações. O tratamento em casos infantis deve ser contínuo e não pode ser interrompido. Em caso de pausa do tratamento,  a criança pode ficar com consequências irreversíveis, como destruição da cartilagem, deformação articular e inflamação pior. É necessário que os pais tenham um diálogo sério e sincero com seus filhos e os conscientizem sobre a gravidade da doença e a importância do tratamento.

O que é o código CID? E qual o código da Artrite Reumatoide?

CID refere-se a Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. Diz repeito a Organização Mundial da Saúde (OMS), com o objetivo de padronizar as nomenclaturas das doenças e facilitar a comunicação entre os profissionais da saúde. Atualmente, utiliza-se a sigla CID seguido do número 10 mais três dígitos para identificar-se todas as doenças na área da saúde. O códio CID 10 da Artrite Reumatoide é CID 10 – M05.

Artigos sobre o assunto:

http://www.producao.usp.br/handle/BDPI/39587

https://www.redalyc.org/pdf/3935/393541962002.pdf

https://www.scielosp.org/article/physis/2011.v21n2/359-376/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *